Notícias

Você sabe o que é eficiência energética?

Brasil - Como muita gente já sabe, vivemos hoje uma escassez de recursos naturais. Essa consequência do uso indiscriminado do que a natureza nos dá fez com que o mundo todo tivesse que rever a forma como se relaciona com ela. E foi nesse processo que surgiram novos conceitos, entre eles, o de eficiência energética.

De acordo com a professora dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo da IMED, Letiane Benincá, a eficiência energética é uma forma de continuar utilizando a mesma energia, porém consumindo menos. “Pode parecer um conceito abstrato ou inatingível, porém todos podem contribuir e fazer uma parte, que ao final irá ajudar o bolso, a economia do país, fomentar o estudo de novas fontes de energia e preservar recursos preciosos”, destaca.

Essa preocupação, ainda segundo a professora, ganhou força no Brasil após a escassez de energia em 2001, quando programas de eficiência para equipamentos eletroeletrônicos – os selos que hoje já são bastante conhecidos pelos consumidores – foram criados.

Foi essa iniciativa que fomentou o setor a produzir aparelhos melhores que se adaptassem a essa realidade. A iniciativa deu tão certo que, em 2003, foi lançado o Procel Edifica. A diferença, dessa vez, é que a certificação é de eficiência nas edificações, incentivando a construção de edifícios mais eficientes.

Dessa forma, através de cálculos prescritivos e/ou por simulação, mede-se a eficiência energética de uma edificação, seja ela comercial ou residencial. Em 2013, a etiqueta passou a ser obrigatória para novas edificações públicas federais.

Eficiência energética no seu dia a dia

Ok, o conceito é simples, mas como isso se aplica no seu dia a dia? Mais simples ainda de entender. Letiane conta que a eficiência energética se aplica diretamente nas nossas vidas, no momento que utilizamos uma lâmpada, o computador, a geladeira ou qualquer aparelho que estiver conectado na rede elétrica.

“Com o avanço da tecnologia, podemos instalar aparelhos que consomem pouca energia, reduzindo nossa fatura e diminuindo impactos ambientais. Um exemplo prático é a troca das lâmpadas incandescentes (que já não serão mais fabricadas) ou fluorescentes por lâmpadas de tecnologia Led. Elas são mais caras inicialmente, porém gastam a metade de energia e duram muito mais que as antigas, fazendo com que o investimento inicial retorne rapidamente”, explica.

E é por isso que os cursos de Engenharia e Arquitetura da IMED têm no seu currículo disciplinas que discutem esses conceitos, trazendo à tona questionamentos de onde estamos e para onde vamos em relação ao consumo e ao desenvolvimento de tecnologias. “A eficiência pode ser pensada desde o primeiro esboço de um novo projeto, pensando a melhor orientação solar, para evitar que espaços fiquem pouco iluminados e necessitem mais iluminação artificial. Orientados de forma a aquecer mais no inverno, podendo assim diminuir o gasto com calefação ou ar condicionado”, ensina.

Além disso, a professora também destaca que as estratégias para a melhoria e o alcance da eficiência energética em edificações são as mais variadas e é de suma importância que os novos profissionais conheçam e apliquem estes conceitos. “Todo o mundo está direcionado para este caminho, que da mesma forma, agrega valor as edificações que projetamos e construímos e ajudam a reduzir impactos desnecessários”, finaliza.

A Agência Energia pode te ajudar com conhecimento especializado e a experiência de mais de 23 anos na implantação de sistemas efecientes para geração de água quente ou geração de energia elétrica. Conhecemos todas as tecnologias disponiveis no mercado e conseguimos entender nossos clientes para levar as melhores soluções para cada caso e vibilizando retorno rápido do investimento e segurança na aplicação de recursos. Conheça nossos serviços: Clique Aqui

 



Publicado em 4 de agosto de 2016 / http://www.procelinfo.com.br/


Conte com a Agência Energia

Fale com um de nossos consultores através do formulário de contato.

Entrar em Contato